Boleto INSS Autônomo – Empregada Doméstica ou Assalariado

 

Se você decidiu pagar o Boleto INSS Autônomo – Empregada doméstica ou assalariado, saiba o que você precisa fazer para emitir a GPS - Guia da Previdência Social. Aqueles trabalhadores que possuem carteira assinada já contribuem com a Previdência, pois o valor é descontado mensalmente do pagamento do empregado, baseado no valor do salário do empregado. No entanto, há trabalhadores que por não terem a carteira assinada, ou seja, são autônomos, não possuem inscrição no PIS – Programa de Integração social e, por não terem vínculo com a Previdência, ao chegarem na velhice não teriam direito ao recebimento da aposentadoria. INSS é o Instituto Nacional do Seguro Social, ele que garante o seu direito a aposentadoria no futuro, através da Previdência Social, além de uma série de outros benefícios como pensão por morte, salário-família, 13º salário. Por isso, há trabalhadores autônomos que não querem se desfazer deste direito e que desejam um pouco mais de segurança no futuro, por este motivo decidem pagar autonomicamente o boleto INSS autônomo. Há duas formas de preencher a Guia da Previdência Social – GPS: online e em papel. É preciso muita atenção ao preenche-la, pois será muito complicado alterar as informações futuramente, principalmente se optar pelo papel.
Saiba abaixo como gerar o Boleto INSS Autônomo – Empregada Doméstica ou Assalariado:

 

Boleto INSS Autônomo

 

Na versão online, para preencher o carnê, você precisará acessar o site da Previdência Social, disponível no link: http://www.previdencia.gov.br/. Informe o seu número de registro no INNS e indique qual tipo de contribuinte você é. Dessa forma, seus dados aparecerão na tela – é importante conferir se todas as informações estão corretas. Se estiverem, clique em ‘Confirmar’ e comece a preencher a guia. O campo ‘Competência’ deverá ser preenchido com o mês da contribuição atual. O item ‘Salário de Contribuição’ corresponde a sua renda e o cálculo do valor será feito a partir deste dado. A guia só passa a ter validade a partir do pagamento.

Se desejar optar pela guia manualmente, terá que compra-la em papelarias ou bancas de jornal e então é só preencher os campos de acordo com as informações solicitadas. Alguns itens podem gerar dúvidas, como por exemplo o número 3, que equivale ao tipo de contribuinte que você é. Pra descobrir o número correspondente à sua contribuição, acesse o portal da Receita Federal ou o site da Previdência. Já os itens 7 ao 10 não precisam ser preenchidos. Ao terminar de inserir tudo o que é pedido na GPS, é só leva-la até um banco ou casa lotérica e efetuar o pagamento.

 

Boleto INSS Autônomo – Empregada Doméstica ou Assalariado

Data: 14/03/2016

De: rozileneabreu da silva

Assunto: emiti boleto parpaguamento

espeor atendidrose

Novo comentário